"Só ultrapasse com segurança"
 
Principal seta Educação no Trânsito seta Dicas de Segurança seta BA - Cuidados com o veículo podem evitar acidentes

Vivo no Trânsito

BA - Cuidados com o veículo podem evitar acidentes Imprimir E-mail

Por Maria Rocha


   Muitas atitudes podem ser tomadas minutos antes para evitar um acidente ou até mesmo prevenir conseqüências graves. Fazer manutenções regulares no veículo, usar o cinto de segurança, testar o óleo, pneus e freios são cuidados importantes que o condutor deve sempre estar preocupado. A imprudência e imperícia são as principais causas de desastres que, quando não matam, deixam seqüelas. Dados da Organização Mundial de Saúde revelam que até 2025, esta será a maior causa de morte no planeta, perdendo apenas para doenças como infarto e depressão.
  De janeiro a julho em Salvador, segundo o Detran-BA, 4.700 condutores de veículos foram vítimas de acidentes. De acordo com o Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), o comportamento imprudente de alguns condutores vitimam principalmente menores entre 1 e 14 anos de idade. No levantamento feito pelo órgão, de 2000 a 2007 mais de 180 mil foram vitimadas em acidentes e dessas, 8.029 morreram. Não foi em vão que o tema da Semana Nacional de Trânsito deste ano teve como tema as crianças. O diretor do Detran Carlos Brandão, na ocasião do evento disse claramente que a escolha do tema é uma demonstração da importância dos departamentos de trânsito em proteger o futuro do país.
  Medidas preventivas como obedecer às placas de sinalizações e o uso do cinto de segurança são religiosamente indicados pelos órgãos de trânsito, pois o não cumprimento dessas normas, ocasiona em danos muitas vezes irreversíveis. O exemplo dado pelo Detran demonstra o quanto atitudes ignoradas por alguns condutores podem evitar o pior. Uma pessoa de 60 kg, sentada no banco de trás do carro, sem o cinto de segurança, numa colisão em que o veículo está a 60 km/h, quando arremessada para fora equivale a um peso de 1 tonelada. Uma criança de cinco anos de idade de apenas 20kg e na mesma velocidade provoca um impacto de 300 kg.
  Conforme a diretora da Escola Pública de Trânsito do Detran, Idalamar Cunha, todo processo educativo é lento, mas as campanhas desenvolvidas pelo Detran-BA criam uma expectativa de redução de acidentes, assim como foi diagnosticado com a Lei Seca, onde já se percebe uma diminuição de acidentes, segundo o órgão, de 60% em todo o País. De acordo com a diretora, respeitar as normas de segurança do trânsito é uma questão de atitude, mas na maioria das vezes o motorista deixa de cumprir porque não é punido imediatamente.
  “A Lei Seca obteve um resultado mais rápido porque o condutor que desobedece a determinação é multado de imediato. As pessoas incorporaram mais rápido de que não pode dirigir sob efeito do álcool”, disse.


  
Atenção com o carro

   Conhecer melhor o veículo para maior segurança no trânsito é uma maneira de economizar tempo e dinheiro;
  Faça um esquema de manutenção preventiva;
  Troque o óleo do motor pelo tipo e no período recomendados pela fábrica, e exija a colocação de um novo anel de vedação no bujão do cárter;
  Verifique o óleo do motor minutos depois de desligá-lo e não ultrapasse a marca máxima da vareta de medição;
  Observe se ao ligar o motor, ocorre ruído anormal, folgas em algumas partes internas podem estar ocorrendo e quanto mais cedo forem corrigidas melhor;
   Use apenas filtros de ar, óleo e combustível de boa qualidade;
  A correia dentada que aciona o comando de válvulas deve ser trocada periodicamente, pois sua quebra pode danificar partes do cabeçote do motor;
   Jamais desça ladeiras com veículo em ponto morto, pois o sistema de freio será muito exigido e é arriscado;
  Evite acidentes
  Evitar o excesso de pessoas e bagagens nos veículos. De acordo com as leis de trânsito, a quantidade de pessoas permitida dentro de um carro deve corresponder ao número de cintos de segurança;
  Leve sempre no seu veiculo o extintor de incêndio, ele é obrigatório em automóveis de passeio no Brasil inteiro desde 1972. Em 22 de abril de 2004 foi publicada a Resolução nº 157, que determina a substituição dos extintores tipo BC, utilizados até então nos veículos, por produtos do tipo ABC. A substituição foi proposta porque 90% dos incêndios iniciados no motor através de vazamento de combustível ou por curto-circuito (classes B e C, respectivamente), atingem rapidamente materiais sólidos, como a manta do capô, partes plásticas, painéis, etc.
  Entre os veículos em circulação (que ainda tenham extintores BC), a substituição também foi iniciada em janeiro de 2005 e ocorrerá gradualmente dentro do período de 5 anos, seguindo tabela de vencimento do teste hidrostático. A partir de 1º de janeiro de 2010, todos os veículos em circulação já deverão portar o extintor com carga de pó ABC ou equivalente.
  Crianças de até 1 ano deve utilizar a cadeira especial (bebê conforto) com cinto de segurança, embora as mães achem que o melhor lugar para transportar a criança é no colo, as normas de trânsito determinam que a criança independente da idade, devem ser transportadas como passageiro normal;
  Elementos essenciais de segurança, os pneus e as rodas do carro devem estar sempre em boas condições de uso. Devem ser verificados regularmente, especialmente a profundidade do desenho (frisos/sulcos) da banda de rodagem dos pneus, eles revelam a hora certa de retirar. Quanto menor for a profundidade restante dos sulcos, maiores serão os riscos de acidentes pela redução de aderência em piso molhado;
  Presença de folga no pedal do freio. Se o pedal está abaixando com freqüência, significa possível defeito no cilindro mestre e perigo iminente;


Tribuna da Bahia
18/11/08

Publique este artigo no seu site | E-mail

Seja o primeiro a comentar este artigo.
Comentários em RSS

Só usuários registrados podem comentar.
Registre-se e efetue o login.

 
< Anterior   Próximo >
Advertisement