"Se beber não dirija"
 
Principal seta Notícias seta Notícias seta TO - Cerca de 29 mil folders explicativos sobre DPVAT são distribuídos no Tocantins
TO - Cerca de 29 mil folders explicativos sobre DPVAT são distribuídos no Tocantins Imprimir E-mail


 

 

 

Sejam condutores, passageiros ou pedestres, todas as pessoas vítimas de acidentes de trânsito têm direito à indenização, paga por meio do DPVAT – Seguro Obrigatório de Danos Pessoais Causados por Veículos Automotores. Considerando que poucas pessoas conhecem este direito, cerca de 29 mil folders explicativos sobre o DPVAT estão sendo distribuídos para todas as regiões do Tocantins, tendo como destino as Ciretrans – Circunscrições Regionais de Trânsito.

A intenção do Detran-TO é que os folders sirvam como material de apoio às atividades locais de educação para o trânsito e de conscientização da comunidade sobre seus direitos e deveres relacionados ao trânsito.

O material publicitário detalha o que é DPVAT, quem tem direito a receber a indenização, quais os valores equais os prazos para solicitar o benefício.

A distribuição dos folders no Estadoocorre por meio de parceria com o Denatran – Departamento Nacional de Trânsito, que está executando uma campanha nacional de divulgação sobre o acesso aos benefícios do DPVAT.


O seguro
O DPVAT é destinado a cobrir danos pessoais, não prevendo cobertura de danos materiais causados por colisões, roubo e furto de veículos. Sua finalidade é indenizar casos de morte ou invalidez permanente e reembolsar despesas comprovadas com atendimento médico-hospitalar decorrente de acidentes.

Os interessados têm, em regra geral, até três anos para solicitar o benefício, a contar da data do acidente. Para a solicitação, basta procurar uma seguradora portando os documentos necessários, não sendo preciso contratar advogado. O valor da indenização varia de R$ 2,7 mil (despesas médico-hospitalares) a R$ 13,5 mil (indenização por morte e invalidez permanente).


O Girassol 

02-06-12




Publique este artigo no seu site | E-mail

Seja o primeiro a comentar este artigo.
Comentários em RSS

Só usuários registrados podem comentar.
Registre-se e efetue o login.

 
< Anterior   Próximo >
Advertisement