default_mobilelogo

Artigos sobre trânsito 

070617 cnh post cnh realidade

Se você não está disposto a se deparar com palavras duras, melhor nem iniciar a leitura. Entretanto, se é mais um cansado de sofrer as consequências de um sistema falido, articulado pela despreparada administração pública,

240517 display

As atividades que alerta os jovens para os problema do trânsito

Precisamos nos despertar desse hipnotismo coletivo que nos cega para o cenário trágico que vivemos atualmente no trânsito. A situação é tão preocupante que foi dedicado um mês inteiro à reflexão e à conscientização sobre o tema: o Maio Amarelo.

O Hospital de Urgências Governador Otávio Lage de Siqueira – HUGOL está, desde o início do mês, com a fachada iluminada na cor amarela em alusão ao “Maio Amarelo” para conscientizar sobre a prevenção de acidentes de trânsito e realizou uma palestra com a fundadora do Instituto Paz no Trânsito, Christiane Yared.

Esse é o segundo ano em que a unidade participa e desenvolve atividades com alusão ao Maio Amarelo, visto o nosso perfil de atendimento: cerca de 20% dos atendimentos de urgência e emergência são dedicados a pacientes vítimas de acidentes de trânsito. Todos os dias, vidas têm sido ceifadas por imprudências no trânsito. Nós atendemos especificamente aos que tiveram uma chance de sobrevida, mas que carregarão consigo sequelas físicas e emocionais.

No período de janeiro a dezembro de 2016, o HUGOL realizou 5.643 atendimentos de urgência e emergência às vítimas de acidentes de trânsito. Desses, 62% referem-se a acidentes com motocicletas, 28% a acidentes com outros veículos e 10% a vítimas de atropelamento. Os atendimentos a acidente de trânsito demandam, geralmente, procedimentos cirúrgicos em ortopedia/traumatologia, que no período de julho de 2015 a dezembro de 2016 chegaram ao número de 8.595, representando 42% do total de procedimentos cirúrgicos realizados pela unidade.

Buscando um despertar para o desenvolvimento da cultura da prevenção, o hospital tem ido à comunidade, seja através da blitz educativa do programa PARE – Prevenção de Acidentes e Reeducação no Trânsito, do HUGOL na Comunidade ou do HUGOL nas Escolas. Nesse sentido, a motivação principal para ir aos colégios é atuar na conscientização das crianças e dos adolescentes, capacitando-os para reconhecer riscos, prevenindo para que não se transformem em acidentes, e para que saibam agir em situações de emergência quando as fatalidades ocorrem.

Essas atividades despertam a curiosidade dos jovens, alertando-os para o problema do trânsito e tornando-os também multiplicadores em seus círculos familiares e sociais. É o brilho nos olhos deles ao serem orientados que nos impulsiona a continuar.

(Dr. Hélio Ponciano Trevenzol, diretor-geral do HUGOLop)